Novas receitas

Vinho e Queijo 101

Vinho e Queijo 101

Divirta-se nestas três etapas simples:

1. Encontre Vinho

Faça uma visita à sua loja de vinhos local para encontrar a garrafa perfeita para a sua noite, seja uma noite casual de cinema, um jantar romântico ou um momento de crise pessoal. Eu recomendo fortemente fazer uma visita ao The Cellar d'Or, uma pequena loja de vinhos na área comum que tem safras de todas as regiões e as melhores garrafas de pechinchas que já vi em Ítaca. Mais sobre isso mais tarde. Se você já passou a introdução aos vinhos, provavelmente sabe o que está procurando - você tem mais do que uma vaga noção de quando se trata de terroir, variedades e vintage. Se uma garrafa lê mise en bouteille au domaine / au château e referências A.O.C, D.O.C. ou A.V.A é mais do que provável que seja um vinho de qualidade superior.

Ainda está confuso? Também não se esqueça de pedir uma recomendação a alguém da equipe ou leia as notas de degustação que algumas lojas de vinhos especializados fornecem ao lado dos vinhos. Se você sabe o que gosta de comer, provavelmente pode descobrir o que gosta de beber.

Foto de Lauren Kaplan

2. Queijo, por favor

Um bom prato de queijo consiste em quaisquer queijos que você tenha em mãos que não sejam singles kraft. Um excelente prato de queijos é composto por uma variedade de queijos frescos, macios, duros e envelhecidos. Por exemplo, chèvre, ou queijo de cabra, é um queijo fresco; macio seria brie ou creme triplo; queijos duros incluem Parmigiano-Reggiano e Cheddar; idoso poderia ser um Gruyère. Sinta-se à vontade para consultar a Food & Wine para maiores esclarecimentos.

Alimentos que crescem juntos também tendem a andar juntos - uma boa regra a seguir ao combinar seu queijo com seu vinho. Por exemplo, queijos italianos combinam bem com vinhos italianos. Outra observação importante é que os vinhos brancos com alto teor de ácido ou tintos tânicos combinam melhor com o queijo porque a acidez equilibra a cremosidade do queijo e os taninos cortados na gordura.

Foto de Lauren Kaplan


3. Outros acessórios

Seu prato de queijo precisa de algo extra para ficar mais impressionante - este é outro espaço para exercitar sua criatividade ou adicionar algumas preferências pessoais. Coloque qualquer combinação de maçãs fatiadas, frutas secas, nozes cristalizadas, azeitonas, uvas, chocolate ou pipoca (se você for Olivia Pope) em seu prato. Lembre-se de que esses alimentos também podem acentuar ainda mais as notas de sabores em seu vinho e queijo. Por exemplo, as nozes ajudam a realçar as características de nozes de alguns queijos envelhecidos.

Foto de Lauren Kaplan

Veja, a sofisticação pode ser simples assim, eu prometo. Agora vá em frente e crie um aperitivo de festa impressionante, lanche de filme, prato sexy para compartilhar ou jantar para um. Oh e parabéns - agora você está mais versado em falar comida, e talvez até esnobe de vinho!

Mais coisas boas aqui:

  • Melhores lojas de vinhos online
  • Guia do amante da cerveja para o vinho
  • 6 combinações de vinho e queijo
  • Guia para beber vinho
  • Como pedir vinho no primeiro encontro

Veja a postagem original, Wine and Cheese 101, na Spoon University.

Confira mais coisas boas da Spoon University aqui:

  • 12 maneiras de comer manteiga de biscoito
  • Melhor Hacks do Menu Chipotle
  • Receita de sanduíche Copycat Chick-Fil-A
  • A ciência por trás dos desejos alimentares
  • Como fazer sua própria farinha de amêndoa

Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa restante de manteiga e refogue os cogumelos por mais ou menos um minuto.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Venha aprender como escolher o vinho perfeito, o que evitar e como se sentir confortável navegando no balcão de queijos.

Quando o que você está bebendo se funde com o que você está comendo, algo mágico acontece em sua boca, em termos de uma experiência sensorial pura. Queijo e vinho são consumidos juntos há milhares de anos e quando você tem um casamento perfeito, os sabores dançam juntos, um espiralando no outro.

O importante em tudo isso é mantê-lo simples.
Você saberá que tem um emparelhamento perfeito quando não consegue encontrar onde termina o vinho e onde começa o queijo. Para reunir esses dois prazeres etéreos, basta que você se divirta e esteja aberto a experiências.

Você sabia: Diz a lenda que, depois que Romeu conheceu Julieta, um servo ofereceu-lhe um vinho doce. Ele respondeu: "Soave." Não se sabe se ele se referia ao vinho ou à sua amada Julieta. Soave vem da região de Veneto, na Itália, e combina bem com Gorgonzola, Taleggio e Pecorino Toscano.



O Comt (KOM-tay) é um antigo queijo francês, produzido desde a época de Carlos Magno. O Comt ainda é tradicionalmente feito em mais de 190 queijarias, conhecidas como "fruiti res" no planalto do Jura. O Comt requer um longo período de maturação. Durante esse período de afinidade, sua casca passa de um amarelo dourado a marrom e endurece, e o interior desenvolve um sabor muito profundo, complexo e duradouro. O sabor é sempre cremoso, amanteigado, com notas de avelã. Comte combina bem com Chardonnays da Califórnia. Tintos do vale do Ródano, como Chateauneuf du Pape.



Se você se lembra de um dos famosos ícones espanhóis, Don Quixote, o Homem de La Mancha, não deve se surpreender que o queijo mais popular da Espanha, o Manchego [mahn-CHEH-goh], também seja das planícies centrais de La Mancha. Feito com leite de ovelha, este queijo pode ser apreciado em várias fases de maturação. Aos 3 meses (denominado Manchego curado) é semi-macio e suave, enquanto aos 12 meses (denominado Manchego viejo) a textura endurece e o sabor torna-se mais complexo e acentuado. Um Manchego de leite cru envelhecido é a quintessência do queijo de leite de ovelha espanhol. Mas você não precisa viajar muito para experimentar uma verdadeira refeição ao estilo das tapas espanholas com os amigos. Disponha algumas fatias de Manchego, pasta de marmelo (membrillo) e jamon ibérico ou serrano em uma velha tábua de madeira, acrescente algumas amêndoas de marcona fritas e pedaços de bolo de nozes e tâmaras. Agora, ouça um pouco de flamenco, saboreie uma espumante Cava ou uma antiga Rioja espanhola e estará sonhando o sonho possível.


Piave é um queijo de leite de vaca duro, de sabor intenso, produzido na região nordeste do Veneto. O sabor de Piave lembra frutas aromáticas e nozes. Assim como o Parmigiano Reggiano, o Piave é feito a partir da combinação de duas ordenhas (da tarde e da manhã seguinte) de vacas que pastam em plantas frescas nas pastagens da montanha. O Piave pode ser consumido aos 6 meses de idade ou envelhecido até um ano ou mais - o queijo ganha caráter à medida que amadurece. Com 12-18 meses de idade, Piave Stravecchio (que significa "extra-envelhecido") é mais firme e seco que o Vecchio mais jovem. À medida que o Piave envelhece, sua textura e sabores se intensificam com uma mudança de cor do amarelo pálido para um amarelo mais intenso e ensolarado. Um verdadeiro prazer para todos para conhecedores de queijo e novatos, Piave é a escolha perfeita para um prato de queijo. O seu sabor a noz único permanece na boca e acompanha lindamente o vinho tinto.



Pecorino Vecchio, também conhecido como Pecorino "Grande Velho", vem da pequena cidade renascentista de Pienza, no centro da Itália. Esta área da Toscana é famosa por seus pecorinos e todos os anos, em setembro, os habitantes locais celebram a Festa del Cacio, um festival de queijo pecorino. Envelhecido por mais de 15 meses, este pecorino excepcional desenvolve um sabor cheio, rico, de nozes e frutado. A textura envelhecida e quebradiça torna-o perfeito para ralar massas e risotos, barbear-se em saladas ou para sobremesa com vinagre balsâmico envelhecido. Combine Pecorino Vecchio com tintos italianos, como Barbera d "alba, Chianti Classico e Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa restante de manteiga e refogue os cogumelos por mais ou menos um minuto.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Venha aprender como escolher o vinho perfeito, o que evitar e como se sentir confortável navegando no balcão de queijos.

Quando o que você está bebendo se funde com o que você está comendo, algo mágico acontece em sua boca, em termos de uma experiência sensorial pura. Queijo e vinho são consumidos juntos há milhares de anos e quando você tem um casamento perfeito, os sabores dançam juntos, um espiralando no outro.

O que é importante em tudo isso é mantê-lo simples.
Você saberá que tem um emparelhamento perfeito quando não consegue encontrar onde termina o vinho e onde começa o queijo. Para reunir esses dois prazeres etéreos, basta que você se divirta e esteja aberto a experiências.

Você sabia: Diz a lenda que, depois que Romeu conheceu Julieta, um servo ofereceu-lhe um vinho doce. Ele respondeu: "Soave." Não se sabe se ele se referia ao vinho ou à sua amada Julieta. Soave vem da região de Veneto, na Itália, e combina bem com Gorgonzola, Taleggio e Pecorino Toscano.



O Comt (KOM-tay) é um antigo queijo francês, produzido desde a época de Carlos Magno. O Comt ainda é tradicionalmente feito em mais de 190 queijarias, conhecidas como "fruiti res" no planalto do Jura. O Comt requer um longo período de maturação. Durante esse período de afinidade, sua casca passa de um amarelo dourado a marrom e endurece, e o interior desenvolve um sabor muito profundo, complexo e duradouro. O sabor é sempre cremoso, amanteigado, com notas de avelã. Comte combina bem com Chardonnays da Califórnia. Tintos do vale do Ródano, como Chateauneuf du Pape.



Se você se lembra de um dos famosos ícones espanhóis, Don Quixote, o Homem de La Mancha, não deve se surpreender que o queijo mais popular da Espanha, o Manchego [mahn-CHEH-goh], também seja das planícies centrais de La Mancha. Feito com leite de ovelha, este queijo pode ser apreciado em várias fases de maturação. Aos 3 meses (denominado Manchego curado) é semi-macio e suave, enquanto aos 12 meses (denominado Manchego viejo) a textura endurece e o sabor torna-se mais complexo e acentuado. Um Manchego de leite cru envelhecido é a quintessência do queijo de leite de ovelha espanhol. Mas você não precisa viajar muito para experimentar uma verdadeira refeição ao estilo das tapas espanholas com os amigos. Disponha algumas fatias de Manchego, pasta de marmelo (membrillo) e jamon ibérico ou serrano em uma velha tábua de madeira, acrescente algumas amêndoas de marcona fritas e pedaços de bolo de nozes e tâmaras. Agora, toque um pouco de Flamenco, saboreie uma espumante Cava ou uma antiga Rioja espanhola e estará sonhando o sonho possível.


Piave é um queijo de leite de vaca duro, de sabor intenso, produzido na região nordeste do Vêneto. O sabor de Piave lembra frutas aromáticas e nozes. Assim como o Parmigiano Reggiano, o Piave é feito a partir da combinação de duas ordenhas (da tarde e da manhã seguinte) de vacas que pastam em plantas frescas nas pastagens da montanha. O Piave pode ser consumido aos 6 meses de idade ou envelhecido até um ano ou mais - o queijo ganha caráter à medida que amadurece. Com 12-18 meses de idade, Piave Stravecchio (que significa "extra-envelhecido") é mais firme e seco que o Vecchio mais jovem. À medida que o Piave envelhece, sua textura e sabores se intensificam com uma mudança de cor do amarelo claro para um amarelo mais intenso. Um verdadeiro prazer para todos para conhecedores de queijo e novatos, Piave é a escolha perfeita para um prato de queijo. O seu sabor a noz único permanece na boca e acompanha lindamente o vinho tinto.



Pecorino Vecchio, também conhecido como Pecorino "Grande Velho", vem da pequena cidade renascentista de Pienza, no centro da Itália. Esta área da Toscana é famosa por seus pecorinos e todos os anos, em setembro, os habitantes locais celebram a Festa del Cacio, um festival de queijo pecorino. Envelhecido por mais de 15 meses, este pecorino excepcional desenvolve um sabor cheio, rico, de nozes e frutado. A textura envelhecida e quebradiça torna-o perfeito para ralar massas e risotos, barbear-se em saladas ou para sobremesa com vinagre balsâmico envelhecido. Combine Pecorino Vecchio com tintos italianos, como Barbera d "alba, Chianti Classico e Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa restante de manteiga e refogue os cogumelos por mais ou menos um minuto.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Venha aprender como escolher o vinho perfeito, o que evitar e como se sentir confortável navegando no balcão de queijos.

Quando o que você está bebendo se funde com o que você está comendo, algo mágico acontece em sua boca, em termos de uma experiência sensorial pura. Queijo e vinho são consumidos juntos há milhares de anos e quando você tem um casamento perfeito, os sabores dançam juntos, um espiralando no outro.

O importante em tudo isso é mantê-lo simples.
Você saberá que tem um emparelhamento perfeito quando não consegue encontrar onde termina o vinho e onde começa o queijo. Para reunir esses dois prazeres etéreos, basta que você se divirta e esteja aberto a experiências.

Você sabia: Diz a lenda que, depois que Romeu conheceu Julieta, um servo ofereceu-lhe um vinho doce. Ele respondeu: "Soave." Não se sabe se ele se referia ao vinho ou à sua amada Julieta. Soave vem da região de Veneto, na Itália, e combina bem com Gorgonzola, Taleggio e Pecorino Toscano.



O Comt (KOM-tay) é um antigo queijo francês, produzido desde a época de Carlos Magno. O Comt ainda é tradicionalmente feito em mais de 190 queijarias, conhecidas como "fruiti res" no planalto do Jura. O Comt requer um longo período de maturação. Durante esse período de afinidade, sua casca passa de um amarelo dourado a marrom e endurece, e o interior desenvolve um sabor muito profundo, complexo e duradouro. O sabor é sempre cremoso, amanteigado, com notas de avelã. Comte combina bem com Chardonnays da Califórnia. Tintos do vale do Ródano, como Chateauneuf du Pape.



Se você se lembra de um dos famosos ícones espanhóis, Don Quixote, o Homem de La Mancha, não deve se surpreender que o queijo mais popular da Espanha, o Manchego [mahn-CHEH-goh], também seja das planícies centrais de La Mancha. Feito com leite de ovelha, este queijo pode ser apreciado em várias fases de maturação. Aos 3 meses (denominado Manchego curado) é semi-macio e suave, enquanto aos 12 meses (denominado Manchego viejo) a textura endurece e o sabor torna-se mais complexo e acentuado. Um Manchego de leite cru envelhecido é a quintessência do queijo de leite de ovelha espanhol. Mas você não precisa viajar muito para experimentar uma verdadeira refeição ao estilo das tapas espanholas com os amigos. Disponha algumas fatias de Manchego, pasta de marmelo (membrillo) e jamon ibérico ou serrano em uma velha tábua de madeira, acrescente algumas amêndoas de marcona fritas e pedaços de bolo de nozes e tâmaras. Agora, ouça um pouco de flamenco, saboreie uma espumante Cava ou uma antiga Rioja espanhola e estará sonhando o sonho possível.


Piave é um queijo de leite de vaca duro, de sabor intenso, produzido na região nordeste do Vêneto. O sabor de Piave lembra frutas aromáticas e nozes. Assim como o Parmigiano Reggiano, o Piave é feito a partir da combinação de duas ordenhas (da tarde e da manhã seguinte) de vacas que pastam em plantas frescas nas pastagens da montanha. O Piave pode ser consumido aos 6 meses de idade ou envelhecido até um ano ou mais - o queijo ganha caráter à medida que amadurece. Com 12-18 meses de idade, Piave Stravecchio (que significa "extra-envelhecido") é mais firme e seco que o Vecchio mais jovem. À medida que o Piave envelhece, sua textura e sabores se intensificam com uma mudança de cor do amarelo pálido para um amarelo mais intenso e ensolarado. Um verdadeiro prazer para todos os apreciadores de queijo e novatos, Piave é a escolha perfeita para um prato de queijo. O seu sabor a noz único permanece na boca e acompanha lindamente o vinho tinto.



Pecorino Vecchio, também conhecido como Pecorino "Grande Velho", vem da pequena cidade renascentista de Pienza, no centro da Itália. Esta área da Toscana é famosa por seus pecorinos e todos os anos, em setembro, os habitantes locais celebram a Festa del Cacio, um festival de queijo pecorino. Envelhecido por mais de 15 meses, este pecorino excepcional desenvolve um sabor cheio, rico, de nozes e frutado. A textura envelhecida e quebradiça torna-o perfeito para ralar massas e risotos, barbear-se em saladas ou para sobremesa com vinagre balsâmico envelhecido. Combine Pecorino Vecchio com tintos italianos como Barbera d "alba, Chianti Classico e Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa de manteiga restante e refogue os cogumelos por um minuto ou mais.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Venha aprender como escolher o vinho perfeito, o que evitar e como se sentir confortável navegando no balcão de queijos.

Quando o que você está bebendo se funde com o que você está comendo, algo mágico acontece em sua boca, em termos de uma experiência sensorial pura. Queijo e vinho são consumidos juntos há milhares de anos e, quando você tem um casamento perfeito, os sabores dançam juntos, um se transformando no outro.

O que é importante em tudo isso é mantê-lo simples.
Você saberá que tem um emparelhamento perfeito quando não consegue encontrar onde termina o vinho e onde começa o queijo. Para reunir esses dois prazeres etéreos, basta que você se divirta e esteja aberto a experiências.

Você sabia: Diz a lenda que, depois que Romeu conheceu Julieta, um servo ofereceu-lhe um vinho doce. Ele respondeu: "Soave." Não se sabe se ele se referia ao vinho ou à sua amada Julieta. Soave vem da região de Veneto, na Itália, e combina bem com Gorgonzola, Taleggio e Pecorino Toscano.



O Comt (KOM-tay) é um antigo queijo francês, produzido desde a época de Carlos Magno. O Comt ainda é tradicionalmente feito em mais de 190 queijarias, conhecidas como "fruiti res" no planalto do Jura. O Comt requer um longo período de maturação. Durante esse período de afinidade, sua casca passa de um amarelo dourado a marrom e endurece, e o interior desenvolve um sabor muito profundo, complexo e duradouro. O sabor é sempre cremoso, amanteigado, com notas de avelã. Comte combina bem com Chardonnays da Califórnia. Tintos do vale do Ródano, como Chateauneuf du Pape.



Se você se lembra de um dos famosos ícones espanhóis, Don Quixote, o Homem de La Mancha, não deve se surpreender que o queijo mais popular da Espanha, o Manchego [mahn-CHEH-goh], também seja das planícies centrais de La Mancha. Feito com leite de ovelha, este queijo pode ser apreciado em várias fases de maturação. Aos 3 meses (denominado Manchego curado) é semi-macio e suave, enquanto aos 12 meses (denominado Manchego viejo) a textura endurece e o sabor torna-se mais complexo e acentuado. Um Manchego de leite cru envelhecido é a quintessência do queijo de leite de ovelha espanhol. Mas você não precisa viajar muito para experimentar uma verdadeira refeição ao estilo das tapas espanholas com os amigos. Disponha algumas fatias de Manchego, pasta de marmelo (membrillo) e jamon ibérico ou serrano em uma velha tábua de madeira, acrescente algumas amêndoas de marcona fritas e pedaços de bolo de nozes e tâmaras. Agora, ouça um pouco de flamenco, saboreie uma espumante Cava ou uma antiga Rioja espanhola e estará sonhando o sonho possível.


Piave é um queijo de leite de vaca duro, de sabor intenso, produzido na região nordeste do Vêneto. O sabor de Piave lembra frutas aromáticas e nozes. Assim como o Parmigiano Reggiano, o Piave é feito a partir da combinação de duas ordenhas (da tarde e da manhã seguinte) de vacas que pastam em plantas frescas nas pastagens da montanha. O Piave pode ser consumido aos 6 meses de idade ou envelhecido até um ano ou mais - o queijo ganha caráter à medida que amadurece. Com 12-18 meses de idade, Piave Stravecchio (que significa "extra-envelhecido") é mais firme e seco que o Vecchio mais jovem. À medida que o Piave envelhece, sua textura e sabores se intensificam com uma mudança de cor do amarelo pálido para um amarelo mais intenso e ensolarado. Um verdadeiro prazer para todos para conhecedores de queijo e novatos, Piave é a escolha perfeita para um prato de queijo. O seu sabor a noz único permanece na boca e acompanha lindamente o vinho tinto.



Pecorino Vecchio, também conhecido como Pecorino "Grande Velho", vem da pequena cidade renascentista de Pienza, no centro da Itália. Esta área da Toscana é famosa por seus pecorinos e todos os anos, em setembro, os habitantes locais celebram a Festa del Cacio, um festival de queijo pecorino. Envelhecido por mais de 15 meses, este pecorino excepcional desenvolve um sabor cheio, rico, de nozes e frutado. A textura envelhecida e quebradiça o torna perfeito para ralar massas e risotos, barbear-se em saladas ou para sobremesa com vinagre balsâmico envelhecido. Combine Pecorino Vecchio com tintos italianos, como Barbera d "alba, Chianti Classico e Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa restante de manteiga e refogue os cogumelos por mais ou menos um minuto.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Venha aprender como escolher o vinho perfeito, o que evitar e como se sentir confortável navegando no balcão de queijos.

Quando o que você está bebendo se funde com o que você está comendo, algo mágico acontece em sua boca, em termos de uma experiência sensorial pura. Queijo e vinho são consumidos juntos há milhares de anos e, quando você tem um casamento perfeito, os sabores dançam juntos, um espiralando no outro.

O que é importante em tudo isso é mantê-lo simples.
Você saberá que tem um emparelhamento perfeito quando não consegue encontrar onde termina o vinho e onde começa o queijo. Para reunir esses dois prazeres etéreos, basta que você se divirta e esteja aberto a experiências.

Você sabia: Diz a lenda que, depois que Romeu conheceu Julieta, um servo ofereceu-lhe um vinho doce. Ele respondeu: "Soave." Não se sabe se ele se referia ao vinho ou à sua amada Julieta. Soave vem da região de Veneto, na Itália, e combina bem com Gorgonzola, Taleggio e Pecorino Toscano.



O Comt (KOM-tay) é um antigo queijo francês, produzido desde a época de Carlos Magno. O Comt ainda é tradicionalmente feito em mais de 190 queijarias, conhecidas como "fruiti res" no planalto do Jura. O Comt requer um longo período de maturação. Durante esse período de afinidade, sua casca passa de um amarelo dourado a marrom e endurece, e o interior desenvolve um sabor muito profundo, complexo e duradouro. O sabor é sempre cremoso, amanteigado, com notas de avelã. Comte combina bem com Chardonnays da Califórnia. Tintos do vale do Ródano, como Chateauneuf du Pape.



Se você se lembra de um dos famosos ícones espanhóis, Don Quixote, o Homem de La Mancha, não deve se surpreender que o queijo mais popular da Espanha, o Manchego [mahn-CHEH-goh], também seja das planícies centrais de La Mancha. Feito com leite de ovelha, este queijo pode ser apreciado em várias fases de maturação. Aos 3 meses (denominado Manchego curado) é semi-macio e suave, enquanto aos 12 meses (denominado Manchego viejo) a textura endurece e o sabor torna-se mais complexo e acentuado. Um Manchego de leite cru envelhecido é a quintessência do queijo de leite de ovelha espanhol. Mas você não precisa viajar muito para experimentar uma verdadeira refeição ao estilo das tapas espanholas com os amigos. Disponha algumas fatias de Manchego, pasta de marmelo (membrillo) e jamon ibérico ou serrano em uma velha tábua de madeira, acrescente algumas amêndoas de marcona fritas e pedaços de bolo de nozes e tâmaras. Agora, ouça um pouco de flamenco, saboreie uma espumante Cava ou uma antiga Rioja espanhola e estará sonhando o sonho possível.


Piave é um queijo de leite de vaca duro, de sabor intenso, produzido na região nordeste do Vêneto. O sabor de Piave lembra frutas aromáticas e nozes. Assim como o Parmigiano Reggiano, o Piave é feito a partir da combinação de duas ordenhas (da tarde e da manhã seguinte) de vacas que pastam em plantas frescas nas pastagens da montanha. O Piave pode ser consumido aos 6 meses de idade ou envelhecido até um ano ou mais - o queijo ganha caráter à medida que amadurece. Com 12-18 meses de idade, Piave Stravecchio (que significa "extra-envelhecido") é mais firme e seco que o Vecchio mais jovem. À medida que o Piave envelhece, sua textura e sabores se intensificam com uma mudança de cor do amarelo pálido para um amarelo mais intenso e ensolarado. Um verdadeiro prazer para todos para conhecedores de queijo e novatos, Piave é a escolha perfeita para um prato de queijo. O seu sabor a noz único permanece na boca e acompanha lindamente o vinho tinto.



Pecorino Vecchio, também conhecido como Pecorino "Grande Velho", vem da pequena cidade renascentista de Pienza, no centro da Itália. Esta área da Toscana é famosa por seus pecorinos e todos os anos, em setembro, os habitantes locais celebram a Festa del Cacio, um festival de queijo pecorino. Envelhecido por mais de 15 meses, este pecorino excepcional desenvolve um sabor cheio, rico, de nozes e frutado. A textura envelhecida e quebradiça torna-o perfeito para ralar massas e risotos, barbear-se em saladas ou para sobremesa com vinagre balsâmico envelhecido. Combine Pecorino Vecchio com tintos italianos, como Barbera d "alba, Chianti Classico e Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Receitas

"Eu poderia simplesmente deitar na sua caixa de queijo?"

Seg - Sex, das 10h às 19h
Sáb 10h - 18h
Dom 11h - 17h

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Sextas-feiras das 16h às 19h
estacionamento grátis!

2 colheres de sopa de manteiga
2 xícaras de cenouras picadas muito finamente
2 cebolinhas grandes, finamente picadas
1 1/2 xícaras (cerca de 1/4 libra) de cogumelos picados
11/3 xícaras de creme de leite
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de colorau, de preferência ao estilo espanhol
Uma generosa ralada de noz-moscada
2 xícaras de queijo manchego espanhol ralado

Derreta 1 colher de sopa de manteiga em uma frigideira e refogue as cenouras e a cebolinha lentamente por cerca de 5 minutos, até que as cenouras estejam macias. Aumente o fogo, acrescente a colher de sopa restante de manteiga e refogue os cogumelos por mais ou menos um minuto.
Numa tigela bata ligeiramente as natas, os ovos, o sal, o colorau e as nozes. Junte o queijo e os legumes refogados. Unte com manteiga 6 xícaras de creme individuais, divida a mistura de vegetais entre elas e coloque em uma panela com água quente (banho-maria). Asse a 325 F por 25 minutos ou até que uma faca inserida no creme saia limpa. Desenforme e sirva quente.
Se fizer com antecedência, aqueça novamente cobrindo com papel alumínio e retornando ao banho-maria por 10 minutos.

Esta semana é a parte II e vamos nos concentrar nos queijos que combinam com vinho tinto. Come learn about how to choose the perfect wine, what to avoid, and how to feel comfortable navigating the cheese counter.

When what you're drinking melds with what you're eating, something magical takes place in your mouth, in terms of a sheer sensory experience. Cheese and wine have been consumed together for thousands of years and when you have a perfect marriage, the flavors dance together, with one spiraling into the other.

What's important in all of this is to keep it simple.
You'll know you have a perfect pairing when you can't find where the wine ends and where the cheese begins. To bring these two ethereal pleasures together only requires you to have fun and be open to experimenting.

Did you know: Legend has it that after Romeo first met Juliet, a servant offered him some sweet wine. He replied, "Soave." It is unknown whether he was referring to the wine or to his beloved Juliet. Soave comes from the Veneto region of Italy and pairs well with Gorgonzola, Taleggio and Pecorino Toscano.



Comt (KOM-tay)is an ancient French cheese, produced since the time of Charlemagne. Comt is still traditionally made in more than 190 cheese dairies, known as the "fruiti res" in the Jura plateau. Comt requires a long maturing period. During this period of affinage, its rind becomes a golden yellow to brown and hardens, and the interior develops a very deep, complex, and long-lasting flavor. The flavor is always creamy, buttery, with notes of hazelnuts. Comte is well paired with Chardonnays from California. Rhone valley reds such as Chateauneuf du Pape.



If you recall one of Spain's famous icons Don Quixote, the Man of La Mancha, then it may not surprise you that Spain's most popular cheese, Manchego [mahn-CHEH-goh], is also from the central plains of La Mancha. Made from sheep's milk, this cheese can be enjoyed at several stages of ripening. At 3 months (called Manchego curado) it's semi-soft and mild while at 12 months (called Manchego viejo) the texture hardens and the flavor becomes more complex and sharp. An aged, raw-milk Manchego is the quintessential Spanish sheep's milk cheese. But you need not travel far to experience a true Spanish tapas-style meal with friends. Arrange some slices of Manchego, quince paste (membrillo) and Iberico or Serrano jamon on an old wooden board, toss on some fried marcona almonds and pieces of date-walnut cake. Now, throw on some Flamenco music, sip a sparkling Cava or an old Spanish Rioja and you will be dreaming the possible dream.


Piave is an intensely flavored, hard, cow's milk cheese produced in the northeastern region of the Veneto. Piave's flavor calls to mind fragrant fruit and nuts. Like Parmigiano Reggiano, Piave is made using a combination of two milkings (from the evening and the following morning) from cows which graze on fresh plants in the mountain pastures. Piave can be eaten at the age of 6 months or aged up to a year or more-the cheese gains character as it matures. At 12-18 months old, Piave Stravecchio (which means "extra-aged") is firmer and drier than the younger Vecchio. As Piave ages, its texture and flavors intensify with a color change from pale yellow to a deeper sunnier yellow. A real crowd pleaser for cheese connoisseurs and novices alike, Piave is a perfect choice for a cheese plate. Its unique nutiness lingers in the mouth and pairs beautifully with red wine.



Pecorino Vecchio, aka Pecorino "Grand Old Man", comes from the small Renaissance town of Pienza in the center of Italy. This area of Tuscany is famous for its pecorinos and each year in September, the locals celebrate Festa del Cacio, a pecorino cheese festival. Aged for over 15 months, this outstanding pecorino develops a full, rich, nutty and fruity flavor. The aged, crumbly texture makes it perfect for grating on pastas and risottos, shaving onto salads, or for dessert with aged balsamic vinegar. Pair Pecorino Vecchio with Italian reds such as Barbera d"alba, Chianti Classico and Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Recipes

"Could I just lay down in your cheese case?"

Mon-Fri 10am - 7pm
Sat 10am - 6pm
Sun 11am - 5pm

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Fridays from 4-7pm
free parking!

2 tablespoon butter
2 cup very finely chopped carrots
2 large scallions, finely chopped
1 1/2 cups (about 1/4 pound) finely chopped mushrooms
11/3 cups heavy cream
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 teaspoon paprika, preferably Spanish style
A generous grating of nutmeg
2 cup grated Spanish Manchego Cheese

Melt 1 tablespoon of the butter in a skillet and saut the carrots and scallions slowly for about 5 minutes, until the carrots are tender. Turn up the heat, add the remaining tablespoon of butter, and saut the mushrooms for a minute or so.
In a bowl lightly beat together the cream, eggs, salt, paprika and nut. Stir in the cheese and the saut ed vegetables. Butter 6 individual custard cups, divide the vegetable mixture among them, and place in a pan of hot water (bain-marie). Bake at 325 F for 25 minutes, or until a knife inserted in the custard comes out clean. Unmold and serve warm.
If you make them in advance, re-heat by covering with foil and returning to the bain-marie for 10 minutes.

This week is part II and we will focus on cheeses that pair with red wine. Come learn about how to choose the perfect wine, what to avoid, and how to feel comfortable navigating the cheese counter.

When what you're drinking melds with what you're eating, something magical takes place in your mouth, in terms of a sheer sensory experience. Cheese and wine have been consumed together for thousands of years and when you have a perfect marriage, the flavors dance together, with one spiraling into the other.

What's important in all of this is to keep it simple.
You'll know you have a perfect pairing when you can't find where the wine ends and where the cheese begins. To bring these two ethereal pleasures together only requires you to have fun and be open to experimenting.

Did you know: Legend has it that after Romeo first met Juliet, a servant offered him some sweet wine. He replied, "Soave." It is unknown whether he was referring to the wine or to his beloved Juliet. Soave comes from the Veneto region of Italy and pairs well with Gorgonzola, Taleggio and Pecorino Toscano.



Comt (KOM-tay)is an ancient French cheese, produced since the time of Charlemagne. Comt is still traditionally made in more than 190 cheese dairies, known as the "fruiti res" in the Jura plateau. Comt requires a long maturing period. During this period of affinage, its rind becomes a golden yellow to brown and hardens, and the interior develops a very deep, complex, and long-lasting flavor. The flavor is always creamy, buttery, with notes of hazelnuts. Comte is well paired with Chardonnays from California. Rhone valley reds such as Chateauneuf du Pape.



If you recall one of Spain's famous icons Don Quixote, the Man of La Mancha, then it may not surprise you that Spain's most popular cheese, Manchego [mahn-CHEH-goh], is also from the central plains of La Mancha. Made from sheep's milk, this cheese can be enjoyed at several stages of ripening. At 3 months (called Manchego curado) it's semi-soft and mild while at 12 months (called Manchego viejo) the texture hardens and the flavor becomes more complex and sharp. An aged, raw-milk Manchego is the quintessential Spanish sheep's milk cheese. But you need not travel far to experience a true Spanish tapas-style meal with friends. Arrange some slices of Manchego, quince paste (membrillo) and Iberico or Serrano jamon on an old wooden board, toss on some fried marcona almonds and pieces of date-walnut cake. Now, throw on some Flamenco music, sip a sparkling Cava or an old Spanish Rioja and you will be dreaming the possible dream.


Piave is an intensely flavored, hard, cow's milk cheese produced in the northeastern region of the Veneto. Piave's flavor calls to mind fragrant fruit and nuts. Like Parmigiano Reggiano, Piave is made using a combination of two milkings (from the evening and the following morning) from cows which graze on fresh plants in the mountain pastures. Piave can be eaten at the age of 6 months or aged up to a year or more-the cheese gains character as it matures. At 12-18 months old, Piave Stravecchio (which means "extra-aged") is firmer and drier than the younger Vecchio. As Piave ages, its texture and flavors intensify with a color change from pale yellow to a deeper sunnier yellow. A real crowd pleaser for cheese connoisseurs and novices alike, Piave is a perfect choice for a cheese plate. Its unique nutiness lingers in the mouth and pairs beautifully with red wine.



Pecorino Vecchio, aka Pecorino "Grand Old Man", comes from the small Renaissance town of Pienza in the center of Italy. This area of Tuscany is famous for its pecorinos and each year in September, the locals celebrate Festa del Cacio, a pecorino cheese festival. Aged for over 15 months, this outstanding pecorino develops a full, rich, nutty and fruity flavor. The aged, crumbly texture makes it perfect for grating on pastas and risottos, shaving onto salads, or for dessert with aged balsamic vinegar. Pair Pecorino Vecchio with Italian reds such as Barbera d"alba, Chianti Classico and Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Recipes

"Could I just lay down in your cheese case?"

Mon-Fri 10am - 7pm
Sat 10am - 6pm
Sun 11am - 5pm

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Fridays from 4-7pm
free parking!

2 tablespoon butter
2 cup very finely chopped carrots
2 large scallions, finely chopped
1 1/2 cups (about 1/4 pound) finely chopped mushrooms
11/3 cups heavy cream
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 teaspoon paprika, preferably Spanish style
A generous grating of nutmeg
2 cup grated Spanish Manchego Cheese

Melt 1 tablespoon of the butter in a skillet and saut the carrots and scallions slowly for about 5 minutes, until the carrots are tender. Turn up the heat, add the remaining tablespoon of butter, and saut the mushrooms for a minute or so.
In a bowl lightly beat together the cream, eggs, salt, paprika and nut. Stir in the cheese and the saut ed vegetables. Butter 6 individual custard cups, divide the vegetable mixture among them, and place in a pan of hot water (bain-marie). Bake at 325 F for 25 minutes, or until a knife inserted in the custard comes out clean. Unmold and serve warm.
If you make them in advance, re-heat by covering with foil and returning to the bain-marie for 10 minutes.

This week is part II and we will focus on cheeses that pair with red wine. Come learn about how to choose the perfect wine, what to avoid, and how to feel comfortable navigating the cheese counter.

When what you're drinking melds with what you're eating, something magical takes place in your mouth, in terms of a sheer sensory experience. Cheese and wine have been consumed together for thousands of years and when you have a perfect marriage, the flavors dance together, with one spiraling into the other.

What's important in all of this is to keep it simple.
You'll know you have a perfect pairing when you can't find where the wine ends and where the cheese begins. To bring these two ethereal pleasures together only requires you to have fun and be open to experimenting.

Did you know: Legend has it that after Romeo first met Juliet, a servant offered him some sweet wine. He replied, "Soave." It is unknown whether he was referring to the wine or to his beloved Juliet. Soave comes from the Veneto region of Italy and pairs well with Gorgonzola, Taleggio and Pecorino Toscano.



Comt (KOM-tay)is an ancient French cheese, produced since the time of Charlemagne. Comt is still traditionally made in more than 190 cheese dairies, known as the "fruiti res" in the Jura plateau. Comt requires a long maturing period. During this period of affinage, its rind becomes a golden yellow to brown and hardens, and the interior develops a very deep, complex, and long-lasting flavor. The flavor is always creamy, buttery, with notes of hazelnuts. Comte is well paired with Chardonnays from California. Rhone valley reds such as Chateauneuf du Pape.



If you recall one of Spain's famous icons Don Quixote, the Man of La Mancha, then it may not surprise you that Spain's most popular cheese, Manchego [mahn-CHEH-goh], is also from the central plains of La Mancha. Made from sheep's milk, this cheese can be enjoyed at several stages of ripening. At 3 months (called Manchego curado) it's semi-soft and mild while at 12 months (called Manchego viejo) the texture hardens and the flavor becomes more complex and sharp. An aged, raw-milk Manchego is the quintessential Spanish sheep's milk cheese. But you need not travel far to experience a true Spanish tapas-style meal with friends. Arrange some slices of Manchego, quince paste (membrillo) and Iberico or Serrano jamon on an old wooden board, toss on some fried marcona almonds and pieces of date-walnut cake. Now, throw on some Flamenco music, sip a sparkling Cava or an old Spanish Rioja and you will be dreaming the possible dream.


Piave is an intensely flavored, hard, cow's milk cheese produced in the northeastern region of the Veneto. Piave's flavor calls to mind fragrant fruit and nuts. Like Parmigiano Reggiano, Piave is made using a combination of two milkings (from the evening and the following morning) from cows which graze on fresh plants in the mountain pastures. Piave can be eaten at the age of 6 months or aged up to a year or more-the cheese gains character as it matures. At 12-18 months old, Piave Stravecchio (which means "extra-aged") is firmer and drier than the younger Vecchio. As Piave ages, its texture and flavors intensify with a color change from pale yellow to a deeper sunnier yellow. A real crowd pleaser for cheese connoisseurs and novices alike, Piave is a perfect choice for a cheese plate. Its unique nutiness lingers in the mouth and pairs beautifully with red wine.



Pecorino Vecchio, aka Pecorino "Grand Old Man", comes from the small Renaissance town of Pienza in the center of Italy. This area of Tuscany is famous for its pecorinos and each year in September, the locals celebrate Festa del Cacio, a pecorino cheese festival. Aged for over 15 months, this outstanding pecorino develops a full, rich, nutty and fruity flavor. The aged, crumbly texture makes it perfect for grating on pastas and risottos, shaving onto salads, or for dessert with aged balsamic vinegar. Pair Pecorino Vecchio with Italian reds such as Barbera d"alba, Chianti Classico and Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Recipes

"Could I just lay down in your cheese case?"

Mon-Fri 10am - 7pm
Sat 10am - 6pm
Sun 11am - 5pm

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Fridays from 4-7pm
free parking!

2 tablespoon butter
2 cup very finely chopped carrots
2 large scallions, finely chopped
1 1/2 cups (about 1/4 pound) finely chopped mushrooms
11/3 cups heavy cream
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 teaspoon paprika, preferably Spanish style
A generous grating of nutmeg
2 cup grated Spanish Manchego Cheese

Melt 1 tablespoon of the butter in a skillet and saut the carrots and scallions slowly for about 5 minutes, until the carrots are tender. Turn up the heat, add the remaining tablespoon of butter, and saut the mushrooms for a minute or so.
In a bowl lightly beat together the cream, eggs, salt, paprika and nut. Stir in the cheese and the saut ed vegetables. Butter 6 individual custard cups, divide the vegetable mixture among them, and place in a pan of hot water (bain-marie). Bake at 325 F for 25 minutes, or until a knife inserted in the custard comes out clean. Unmold and serve warm.
If you make them in advance, re-heat by covering with foil and returning to the bain-marie for 10 minutes.

This week is part II and we will focus on cheeses that pair with red wine. Come learn about how to choose the perfect wine, what to avoid, and how to feel comfortable navigating the cheese counter.

When what you're drinking melds with what you're eating, something magical takes place in your mouth, in terms of a sheer sensory experience. Cheese and wine have been consumed together for thousands of years and when you have a perfect marriage, the flavors dance together, with one spiraling into the other.

What's important in all of this is to keep it simple.
You'll know you have a perfect pairing when you can't find where the wine ends and where the cheese begins. To bring these two ethereal pleasures together only requires you to have fun and be open to experimenting.

Did you know: Legend has it that after Romeo first met Juliet, a servant offered him some sweet wine. He replied, "Soave." It is unknown whether he was referring to the wine or to his beloved Juliet. Soave comes from the Veneto region of Italy and pairs well with Gorgonzola, Taleggio and Pecorino Toscano.



Comt (KOM-tay)is an ancient French cheese, produced since the time of Charlemagne. Comt is still traditionally made in more than 190 cheese dairies, known as the "fruiti res" in the Jura plateau. Comt requires a long maturing period. During this period of affinage, its rind becomes a golden yellow to brown and hardens, and the interior develops a very deep, complex, and long-lasting flavor. The flavor is always creamy, buttery, with notes of hazelnuts. Comte is well paired with Chardonnays from California. Rhone valley reds such as Chateauneuf du Pape.



If you recall one of Spain's famous icons Don Quixote, the Man of La Mancha, then it may not surprise you that Spain's most popular cheese, Manchego [mahn-CHEH-goh], is also from the central plains of La Mancha. Made from sheep's milk, this cheese can be enjoyed at several stages of ripening. At 3 months (called Manchego curado) it's semi-soft and mild while at 12 months (called Manchego viejo) the texture hardens and the flavor becomes more complex and sharp. An aged, raw-milk Manchego is the quintessential Spanish sheep's milk cheese. But you need not travel far to experience a true Spanish tapas-style meal with friends. Arrange some slices of Manchego, quince paste (membrillo) and Iberico or Serrano jamon on an old wooden board, toss on some fried marcona almonds and pieces of date-walnut cake. Now, throw on some Flamenco music, sip a sparkling Cava or an old Spanish Rioja and you will be dreaming the possible dream.


Piave is an intensely flavored, hard, cow's milk cheese produced in the northeastern region of the Veneto. Piave's flavor calls to mind fragrant fruit and nuts. Like Parmigiano Reggiano, Piave is made using a combination of two milkings (from the evening and the following morning) from cows which graze on fresh plants in the mountain pastures. Piave can be eaten at the age of 6 months or aged up to a year or more-the cheese gains character as it matures. At 12-18 months old, Piave Stravecchio (which means "extra-aged") is firmer and drier than the younger Vecchio. As Piave ages, its texture and flavors intensify with a color change from pale yellow to a deeper sunnier yellow. A real crowd pleaser for cheese connoisseurs and novices alike, Piave is a perfect choice for a cheese plate. Its unique nutiness lingers in the mouth and pairs beautifully with red wine.



Pecorino Vecchio, aka Pecorino "Grand Old Man", comes from the small Renaissance town of Pienza in the center of Italy. This area of Tuscany is famous for its pecorinos and each year in September, the locals celebrate Festa del Cacio, a pecorino cheese festival. Aged for over 15 months, this outstanding pecorino develops a full, rich, nutty and fruity flavor. The aged, crumbly texture makes it perfect for grating on pastas and risottos, shaving onto salads, or for dessert with aged balsamic vinegar. Pair Pecorino Vecchio with Italian reds such as Barbera d"alba, Chianti Classico and Brunello de Montalcino.


Wine and Cheese 101 - Recipes

"Could I just lay down in your cheese case?"

Mon-Fri 10am - 7pm
Sat 10am - 6pm
Sun 11am - 5pm

1410 Forest Drive
Clock Tower Place

Fridays from 4-7pm
free parking!

2 tablespoon butter
2 cup very finely chopped carrots
2 large scallions, finely chopped
1 1/2 cups (about 1/4 pound) finely chopped mushrooms
11/3 cups heavy cream
3 ovos
1 colher de chá de sal
1/4 teaspoon paprika, preferably Spanish style
A generous grating of nutmeg
2 cup grated Spanish Manchego Cheese

Melt 1 tablespoon of the butter in a skillet and saut the carrots and scallions slowly for about 5 minutes, until the carrots are tender. Turn up the heat, add the remaining tablespoon of butter, and saut the mushrooms for a minute or so.
In a bowl lightly beat together the cream, eggs, salt, paprika and nut. Stir in the cheese and the saut ed vegetables. Butter 6 individual custard cups, divide the vegetable mixture among them, and place in a pan of hot water (bain-marie). Bake at 325 F for 25 minutes, or until a knife inserted in the custard comes out clean. Unmold and serve warm.
If you make them in advance, re-heat by covering with foil and returning to the bain-marie for 10 minutes.

This week is part II and we will focus on cheeses that pair with red wine. Come learn about how to choose the perfect wine, what to avoid, and how to feel comfortable navigating the cheese counter.

When what you're drinking melds with what you're eating, something magical takes place in your mouth, in terms of a sheer sensory experience. Cheese and wine have been consumed together for thousands of years and when you have a perfect marriage, the flavors dance together, with one spiraling into the other.

What's important in all of this is to keep it simple.
You'll know you have a perfect pairing when you can't find where the wine ends and where the cheese begins. To bring these two ethereal pleasures together only requires you to have fun and be open to experimenting.

Did you know: Legend has it that after Romeo first met Juliet, a servant offered him some sweet wine. He replied, "Soave." It is unknown whether he was referring to the wine or to his beloved Juliet. Soave comes from the Veneto region of Italy and pairs well with Gorgonzola, Taleggio and Pecorino Toscano.



Comt (KOM-tay)is an ancient French cheese, produced since the time of Charlemagne. Comt is still traditionally made in more than 190 cheese dairies, known as the "fruiti res" in the Jura plateau. Comt requires a long maturing period. During this period of affinage, its rind becomes a golden yellow to brown and hardens, and the interior develops a very deep, complex, and long-lasting flavor. The flavor is always creamy, buttery, with notes of hazelnuts. Comte is well paired with Chardonnays from California. Rhone valley reds such as Chateauneuf du Pape.



If you recall one of Spain's famous icons Don Quixote, the Man of La Mancha, then it may not surprise you that Spain's most popular cheese, Manchego [mahn-CHEH-goh], is also from the central plains of La Mancha. Made from sheep's milk, this cheese can be enjoyed at several stages of ripening. At 3 months (called Manchego curado) it's semi-soft and mild while at 12 months (called Manchego viejo) the texture hardens and the flavor becomes more complex and sharp. An aged, raw-milk Manchego is the quintessential Spanish sheep's milk cheese. But you need not travel far to experience a true Spanish tapas-style meal with friends. Arrange some slices of Manchego, quince paste (membrillo) and Iberico or Serrano jamon on an old wooden board, toss on some fried marcona almonds and pieces of date-walnut cake. Now, throw on some Flamenco music, sip a sparkling Cava or an old Spanish Rioja and you will be dreaming the possible dream.


Piave is an intensely flavored, hard, cow's milk cheese produced in the northeastern region of the Veneto. Piave's flavor calls to mind fragrant fruit and nuts. Like Parmigiano Reggiano, Piave is made using a combination of two milkings (from the evening and the following morning) from cows which graze on fresh plants in the mountain pastures. Piave can be eaten at the age of 6 months or aged up to a year or more-the cheese gains character as it matures. At 12-18 months old, Piave Stravecchio (which means "extra-aged") is firmer and drier than the younger Vecchio. As Piave ages, its texture and flavors intensify with a color change from pale yellow to a deeper sunnier yellow. A real crowd pleaser for cheese connoisseurs and novices alike, Piave is a perfect choice for a cheese plate. Its unique nutiness lingers in the mouth and pairs beautifully with red wine.



Pecorino Vecchio, aka Pecorino "Grand Old Man", comes from the small Renaissance town of Pienza in the center of Italy. This area of Tuscany is famous for its pecorinos and each year in September, the locals celebrate Festa del Cacio, a pecorino cheese festival. Aged for over 15 months, this outstanding pecorino develops a full, rich, nutty and fruity flavor. The aged, crumbly texture makes it perfect for grating on pastas and risottos, shaving onto salads, or for dessert with aged balsamic vinegar. Pair Pecorino Vecchio with Italian reds such as Barbera d"alba, Chianti Classico and Brunello de Montalcino.


Assista o vídeo: Strogonow wieprzowy (Dezembro 2021).